Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 16 de março de 2012

Uma “chicotada” ao Ernesto Bartolomeu e TPA

No dicionário de língua portuguesa chicotada é substantivo feminino de pancada com chicote. Neste caso, a chicotada que o administrador da TPA para a área de Informação, Ernesto Bartolomeu (na imagem), apanhou não foi física, mas por via da tarimba de um dos escribas do Novo Jornal.
Apesar de não ser novidade para ninguém o facto do pivot do principal serviço informativo da Televisão Publica de Angola, estar neste momento a “travar” com a elaboração da sua monografia de fim de curso, que o habilitará a receber o diploma de licenciado em comunicação social pela Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto. O autor do texto achou por bem dar-lhe uma pequena “aula de refrescamento” sobre o que é o jornalismo, antes da “surra”, de uma forma pedagógica. Eis o texto:
O jornalismo é uma profissão que merece ser tratada com dignidade, nobreza e que apenas compactua com a verdade e não com a manipulação. O jornalismo deve ser feito com elevação e não com militantismo. Só isso revela bem a atitude que a TPA , cuja área de informação é agora liderada pelo pivot ERNESTO BARTOLOMEU, uma antítese de si mesmo, porque sempre criticou a actuação dos anteriores directores e está a agora a fazer igual ou pior, ao promover um pseudo senhor “Vento”. Dar propaganda a malfeitores é coisa que nunca vimos. Não noticiar os factos é contra o jornalismo, ainda mais quando se trate de violação aos direitos humanos e constitucionais.





1 comentário:

Anónimo disse...

ernesto bartolomeu traiu a confiança que o povo angolano tinha para com ele. eu penso que o senhor ernesto mereceu esta chicotada pois ele aderiu uma causa injusta de informar com inverdades e de manipular as informações. mas acredito que ainda tens valor, podes servir angola e os angolanos. pense bem senhor ernesto. o povo vai te perdoar e te dará honras