Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Assassinato do Nova Vida envolto em mistério

A jovem Nerika Loureiro, que está a ser acusada de assassinar o seu esposo Lopo Loureiro com 11 golpes de tesoura por volta das duas horas da manhã do dia 1 de Abril, já foi apresentada esta semana ao representante da Procuradoria-geral da República junto da Direcção Provincial de Investigação Criminal de Luanda (DPIC), segundo fontes deste jornal.
A acusada chegou a Angola por volta das 18 horas e 40 minutos do dia 31 de Março, num dos aviões da TAAG que fazia a escala Lisboa-Luanda, em companhia da sua mãe Beatriz da Conceição e dos seus dois filhos, Naio e Ângelo Loureiro, de dois anos e de dez meses, respectivamente.
A esposa do se deslocara a Portugal para gozar 15 dias de férias, conforme atestam os familiares do malogrado esposo. O primo mais velho da vítima, Hermenegildo Bravo da Rosa, não descarta a possibilidade da sua cunhada ter se deslocado àquele país para fazer consultas médicas, como se cogita em muitos círculos, mas assegura que esta não era a condição primária da viagem.
Segundo Bravo da Rosa, ela é funcionária da SONAIR e havia se deslocado a Portugal para desfrutar os 15 dias de férias em companhia dos filhos e da mãe. Em momento algum se avançou a possibilidade de que ela tenha ido exclusivamente para fazer check up médico, na versão do primo do finado.
Este jornal apurou que, às 21 horas e 45 minutos do dia 1 de Abril, Lopo Loureiro enviou uma mensagem para um dos seus colegas do Banco de Poupança e Credito (BPC) avisando-o que a sua família havia chegado bem das terras de Camões e que levou a sua sogra à casa. Depois de deixarem a senhora Beatriz da Conceição na sua residência, o casal rumou para o seu apartamento no bairro Nova Vida, onde algumas horas mais tarde veio a acontecer o infortúnio.
“Nós acreditamos que aquilo aconteceu as 2h30 da manhã, porque ela saiu dali até à casa dos seus pais na Maianga e para fazer este percurso levaria no mínimo 30 minutos”, declarou Bravo da Rosa.
Ao chegar à casa dos progenitores, Nerika Loureiro deixou as crianças no carro e subiu ao apartamento para os avisar sobre o que havia sucedido.
De seguida, a jovem deslocou-se à Embaixada dos Estados Unidos da América (EUA) para pedir asilo, mas foi rejeitada.
“Chegou lá a dizer que estava a ser perseguida e ameaçada de morte e ao verem o seu estado de choque os oficiais da Polícia Nacional que ali se encontravam tentaram acalmá-la. Se às 3 horas e 45 minutos já estava na embaixada dos EUA quer dizer que esteve alguns minutos antes em casa da mãe, o que leva a crer que o crime não aconteceu a esta hora conforme alega”, acrescentou o primo da vítima.
O facto de não ter sido bem sucedida no território americano terá concorrido para a acusada se deslocar posteriormente à Embaixada Portuguesa, por volta das 4h30, em companhia de um dos agentes que protegia aquele local. Ao ver que teria de esperar que os serviços diplomáticos abrissem, ligou para uma das suas colegas da SONAIR para contar o que havia cometido.
“Permaneceu muito tempo dentro do carro com o roupão de noite cor verde cheio de sangue e apareceu o cunhado, marido de uma das irmãs dela, que levou-a novamente à embaixada dos Estados Unidos. Só que foi detida pelos agentes que estavam num carro da patrulha que passava pelo Eixo Viário e levaram-lhe para a 2ª Esquadra da Policia Nacional”, detalhou o jovem.
Hermenegildo Rosa conta que enquanto a jovem fazia estas movimentações a sua mãe se deslocou ao apartamento do casal para constatar ‘in loco’ o que se passou, tendo se retirado de seguida e ligado para empregada a fim de ela ir abrir a porta de casa para as autoridades policias fazerem o seu trabalho.
O primo acredita que a mãe da suposta homicida tomou conhecimento dos acontecimentos às 3h00 da manhã, ligou para a Policia às 8 e só compareceu em casa dos pais de Lopo por volta das três horas da tarde, numa altura em que toda a família do assassinado já havia sido avisada.
Antes mesmo de se aperceberem sobre o que acontecera no apartamento do Nova Vida, os familiares já haviam recebido telefonemas de amigos do casal a partir de Londres e que se manifestavam aflitos em querer saber o que havia se passado.
Os familiares de Lopo Loureiro dizem estar surpreendidos e que não encontraram ainda nenhuma explicação plausível porque eles não aparentavam ter problema.
“Pela dimensão do crime tudo leva a crer que ela não terá feito aquilo sozinha, aliás até os próprios investigadores também presumem isso e dizem que ela só conseguiria fazê-lo se tivesse dopado antes a vítima”, acredita o nosso interlocutor.
Hermenegildo da Rosa contou que o casal vivia junto há cinco anos e que sempre tiveram uma relação bastante harmoniosa, visto que nunca transpareceu terem problemas graves. “Ele sempre foi um indivíduo que por natureza sempre foi muito meticuloso, prudente, organizado e que sempre primou pelo seu lar, que no seu entender, era a mulher e os filhos”, frisou.
Os filhos do casal encontram-se em casa de um dos parentes da advogada Nerika Loureiro.

Silêncio absoluto
Os familiares de Nerika Loureiro recusam-se a prestar quaisquer informações à imprensa, alegando que ela não ajudou em nada no esclarecimento da verdade e que divulgou de princípio uma informação deturpada.
“Fiquem apenas com a informação que vos foi passada pelos familiares do malogrado, porque nós não queremos nada, nada, nada... com os meios de comunicação social”, demarcou-se a senhora Adélia de Carvalho, prima da acusada.
“Se os parentes do jovem forem honestos e credíveis darão toda informação necessária, porque até o dia em que o Lopo Loureiro morreu ela era nora e isso fazia com que fosse considerada lá em casa como uma filha. É assim que a consideravam, senão não temos nada a ver com isso”, explicou.
Questionada sobre as razões que levaram a sua prima a Portugal em companhia dos seus dois filhos e da mãe, Adélia de Carvalho disse desconhecer. Ela acredita que tudo está a ser especulado e ainda que soubesse não daria nenhuma informação por causa da deturpação que houve na divulgação da ocorrência.
Quanto à forma como os parentes do jovem estão a caracterizar a acusada, Adélia de Carvalho considera que é natural que eles tenham essa opinião.

2 comentários:

ladyPrules disse...

Desculpe povo angolano mais meu portugues nao e dos melhores....
Para a familia que perdou um filho e irmao amado
Lamento muitissimo que esta situacao passou com vos, realmente e umas das piores coisas para uma/pai, nao consigo me colocar nos vossos sapatos porque e algo bem dificil de imaginar, lamento sua perdida e oro por vocas almas e vos tambem porque Jeova Deus e o unico que vos pode ajudar.
Eu tenho uma esperanca de vida eterna, tenho esperanca de um dia poder estar junto com aqueles que estao descansando em tumulos memoriais, Deus nao se esquesera deles nuna como
diz Joao5;28e29Todos que estao nos tumulos memoriais sairao..Wow porque nao orar por isso e deixar o odio e o rancor de lado? Nos todos somos po, humanos inperfeitos, todos nos dependemos da misericordia de Deus e nao devemos fazer justica com nossas propris maos, somente Deus tem este poder e seria tolice de nossa parte tentar fazer seu trabalho.Provebios5
;3 diz confia em Jeova de todo teu coracao e nao te apoieis na tua propria compreencao. Olha so como jesus sofreu na terra e mesmo assim perduo, assim devemos ser nos, nunca podemos ser perduados se nao perduarmos aqueles que fizeram algo contra nos,O perdao e uma caracteristica do Amor.1corintios13;5 O amor nao procura seus proprios interesses-nao leva en conta o dano, e aqui teve muito dano para esta familia, mas devemos perduar.Nao devemos ser hipocritas falando tanto de Deus e de sua Justica mais ter um coracao cheio de odio e recentimento, ou somos povos de Deus ou de Satanas, devemos dar exemplo comecando por nossa
acoes e nao somente em palavras, e julgando outros de uma maneira tao brusca. Aqui nesta carta falou sobre os filhos deste casal que a familia da moca fez e disfeis, uhmmm ate fiquei doente com esta carta, para min esta carta tem somente uma meta e esta e de romper o nome desta jovem e de sua familia que com certeza esta cheia de dor porque para eles tambem nao deve ser facil. Qual sera o vosso proximo golpe fazer com que os filhos tambem se tornem assim raivosos e tendo odio e desprezo por sua mae? e uma pena porque as criancas devem estar separadas desta situacao,ja se perguntarao como estas criaturas estao neste momento perder mae e pae assim sem mais, isto e algo muito dificil para uma crianca porque mae e mae, voces devem parar de ser assim ruins ums para outros e perdoa para ser perduado, comecando por tirar tal carta de odio deste site, e uma tolece e talvez ignorancia. Expor a familia toda e ligar com bruxeria, mas ao mesmo tempo dizer Deus tantas vezes, porque ele odeia tails praticas, nem deve ser mensionado entre vos, pare de julgar a outros.
Todos vos devem ir ao medico psycologico, todos estao com problemas mental neste momento porque este golpe foi muito forte, ve e ve um conselheiro e tambem mais impotante fazer oracoes a Deus e prender a amar e perduar.
As familias que parem de se portar como criancas que lhes foi tirado um brinquedo, este caso aqui e muito serio e deve ser lidado de uma maneira mais inteligente...

Este e meu comentario para os dois lados, especialmente para a familia que escreveu esta carta nao e nada correto.

Patricia de U.S.A

Anónimo disse...

Por favor gente, seja mais inteligente
e use seu raciocinio, porque ai algo passou para leva-la a cometer tal crime. Ela cometeu tal falha por algo muito grave, tenho certeza que alguem sabe de algo. Temos de ser pacientes e saber esperar, ela vai falar no tempo divido nos nao podemos ser assim tao raivosos como animais ferozes. O povo angolano e agitador e sempre quer por lenha na fogueira em vez de apaziguar a situacao.
E errado da nossa parte tentar fazer justica com nossas proprias maos, Deus e o unico que pode faze-la nos somos todos , parai de julgar povo ignorante.
Para min ai tem algo, o difunto como ja nao existe tornou-se santo, uhmmm claro!
A familia dele tambem e sem vergonha, porque fala-se que ela foi nora e boa nora e agora eles so sabem atirar pedras para Neryca e sua familia, vamos la ver que tipo de gente eles sao, ai tem muita Hipocrisia do lado dele. Nunca poe as maos no fogo por ninguem, nos nao sabemos o que se passou dentro destas quatro parades, eu nao acredito que esta mulher seje assim tao fria e principalmente fazendo o que fez tendo seus filhos presentes. Se ate a cadela fica furiosa quando se toca em suas crias, agora imaginem uma mae defendendo seu filho, e pior que uma fera.
Nao quero julgar, eu nao sou ninguem para tomar tal posicao, mais e o que se diz por ai.
Agora so resta orar, e perduar!