Pesquisar neste blogue

A carregar...

sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

director do Folha 8 pode ir para a cadeia


As“perseguições” ganharam consistência depois de o seu jornal, o Folha8, ter noticiado manchetes de assuntos relacionados ao antigo chefe da secreta, Fernando Garcia Miala


Esta a circular em meios diplomáticos e políticos em Luanda informações segundo as quais o regime do MPLA planeia prender, o Director do Semanário Folha8, Willian Tonet. De acordo com “sealed information”, as autoridades judicias angolanas enviaram, estes dias, ao jornalista/jurista a notificação de uma decisão do tribunal aparentemente a revelia sem que o réu tenha tido conhecimento do assunto.
É do conhecimento publico que Tonet enfrenta uma briga com altas patentes militares com Gabinete no Palacio Presidencial que esta ser interpretada como perseguição contra o jornalista. Adimite-se que tais “perseguições” ganharam consistência depois de o seu jornal, o Folha8, ter noticiado manchetes de assuntos relacionados ao antigo chefe da secreta, Fernando Garcia Miala cujo conteúdo dos textos não foi do agrado de tais sectores com destaque a inteligência militar. Em princípios de 2008, duas instituições militares haviam aberto processo crime contra o jornalista resultado de uma noticia que dizia que os Generais José Maria e Helder Vieira Dias “Kopelipa” estariam a responder junto a procuradoria militar. Helder Pitra Gros, Director daquela instituição jurídico ou Militar e o CEMG General Francisco Furtado surgiram semanas depois, com queixa crime culminando no processo acima mencionado.Desde os últimos dois anos, o regime do MPLA desencadeou uma onda de detenções tidas como ilegais cujas interpretações insinuam que sejam características de todos os regimes que estejam no seu fim. A particularidade são os métodos de censura, violência e prisões arbitrarias acompanhadas de julgamentos forjados a fim de humilhar quem não concorda consigo. Recentemente foi detido sem previa notificação, Carlos Leitão do PADEPA. Foi solto e sem explicações. As detenções mais acentuadas são as de Fernando Miala, ex conselheiros de confiança de JES e do Jornalista Fernando Lelo, um preso de consciência julgado na base de um julgamento tido como fabricado devido a falta de provas.Fonte: Club-k.net

Sem comentários: