Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Chuva mata 11 pessoas em Luanda

O porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Faustino Sebastião, num balanço provisório referiu esta quinta-feira que 11 pessoas morreram e várias residências ficaram destruídas, nos vários municípios da província de Luanda, na sequência da chuva que se abateu no princípio da tarde desta quarta-feira, 17.
Faustino Sebastião adiantou que um casal morreu electrocutado no município do Cazenga, enquanto no Kilamba Kiaxi, Cacuaco e Sambizanga outras cinco pessoas, entre adultos e crianças, morreram em consequência do desabamento de tecto de residências, queda de árvores e outra foi levada pela correnteza das águas
Quatro pessoas, membros da mesma família, faleceram em consequência do desabamento da residência onde viviam na praia da Micha, na comuna do Benfica e 180 famílias do bairro Morro Bento ficaram desalojadas devido a inundação das suas residências, município da Samba.
Explicou que a estrada que liga o bairro Talatona ao Benfica esteve fechada por algumas horas devido a queda de um embondeiro, que foi removido horas depois.
Segundo a fonte, no município da Samba várias vias secundárias e terciárias encontram-se inundadas, sendo considerado critico o bairro da Kamuchiba, onde a maior parte das residências estão inundadas, assim como o desabamento de cinco casas e abertura de ravinas nos arredores da Quinta Rosalinda.
A chuva que durou aproximadamente quatro horas, de acordo com a fonte, provocou a interrupção da avenida Kimakienda de acesso aos municípios da Ingombota, Sambizanga e Cacuaco, tendo sido soterradas duas viaturas ligeiras

Sem comentários: