Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

UNICER: As cervejas da corrupção em Angola

O activista cívico Rafael Marques público esta quinta-feira, 18, no seu site Maka Angola, um interessante artigo sobre a forma como a direcção da UNICER, a maior empresa de bebidas de Portugal, movimenta-se em Angola.
O artigo intitulado “UNICER: As cervejas da corrupção em Angola”, surge na sequencia de diversos estudos anteriores publicados por si sobre a associação das multinacionais Castel Group e SABMiller a governantes para entrada e controlo do mercado de bebidas, no nosso país.
“Como o terceiro maior consumidor de cervejas em África, o mercado angolano tem sido bastante cobiçado por multinacionais do sector. Para o sucesso do investimento, regra geral, os investidores estrangeiros obedecem a duas regras fundamentais. A primeira é o estabelecimento de sociedades comerciais com figuras poderosas do regime; a segunda regra é o desrespeito pela legislação em vigor, usando da impunidade dos dirigentes”, diz o autor.
O artigo pode ser encontrado na íntegra no site: http://makaangola.com/wp-content/uploads/UNICER.pdf

Sem comentários: